O Paraná Clube suou a camisa para trazer a Curitiba a vitória de 2 a 1 em cima do Paysandu, time da cidade de Brusque que volta à ativa após um período de licença. É bem verdade que o Tricolor contou com uma equipe mista, mas o fato de o time catarinense estar em formação fez com que o resultado fosse surpreendente, até mesmo para os jogadores do Paysandu. “Pela tradição do Paraná, esperávamos até um placar mais elástico a favor deles”, confessou o meia Graciel, autor do gol catarinense.

Com um gramado em condições irregulares e um time desentrosado, o Paraná Clube demorou para acertar o pé. As melhores chances surgiam pelos pés do Émerson, ao lado de Marcos, o mais experiente da equipe. O jogador arriscou alguns chutes de fora da área e acabou levando a melhor aos 25 minutos. Após cruzamento de Marcelo, pela direita, o volante subiu de cabeça e abriu o marcador.

Disposto a poupar alguns jogadores que viajam hoje à noite à Ucrânia, o técnico Caio Júnior fez algumas alterações na virada do segundo tempo, dando passagem aos meias Evandro e Róbson, ao goleiro Darcy, ao zagueiro Juliano e ao atacante Lima.

Apesar de o Paraná ter adquirido uma formação mais ofensiva, quem marcou primeiro na etapa final foi o Paysandu. Aos 12 minutos, Márcio cobrou uma falta pela direita e Graciel subiu sozinho para empatar a partida.

Mas a resposta veio em seguida, oito minutos depois. Em uma jogada iniciada por Leandro Alves, Tico recebeu na área e mandou para o fundo da rede catarinense, sacramentando o placar em 2 a 1.

Elenco

A partida marcou o retorno do goleiro Marcos à ativa. O jogador sofreu uma séria contusão na mão em fevereiro e voltou a treinar apenas no final de abril. Marcos viaja com o elenco à Ucrânia e o preparador de goleiros Júlio César já confirmou que ele jogará dois jogos e Neneca os outros dois.

Para o lateral-esquedo Hílton e o meia Leandro Alves o jogo representou o adeus dos atletas à Vila Capanema. O empréstimo dos dois se encerra no dia 31 de junho e eles estão sendo devolvidos ao São Paulo. Quanto a Lucio Flávio, jogador paranista que está emprestado ao Tricolor paulista, ainda não houve contato da diretoria são-paulina sobre uma possível prorrogação do contrato do atleta. Hoje à tarde acontece o último treinamento antes da viagem para a Ucrânia.

Ficha Técnica

Paysandu: Gélson; Márcio, Claudecir (Flavinho), Welington, Clayton, Graciel, Mano (Marlon), Embu, Neylor (Jean), Paulinho (Bill) e Edmílson. Técnico: Beto Torrezani.

Paraná Clube: Marcos (Darcy); Marcelo, Willian, Édson (Juliano) e Hílton; Emerson (Evandro), Goiano (Róbson), Marcelo Santos e Júnior (Lima); Tico e Leandro Alves. Técnico: Caio Júnior