Se depender do que aconteceu no coletivo desta sexta-feira, Molina ganhou a disputa com Neymar e começa o jogo contra o Atlético-MG, domingo, na Vila Belmiro. O colombiano foi titular na primeira parte treino e marcou um golaço, o primeiro da vitória dos titulares por 3 a 0. Léo não participou porque fez exercícios em aparelhos para fortalecer a musculatura. Wagner Diniz teve atuação razoável na atividade e vai estrear.

 

A dúvida entre Molina e Neymar continua porque Vagner Mancini declarou durante a semana que o time será escalado apenas minutos antes de entrar em campo. O técnico inclusive disse que desde de segunda-feira tinha tudo pronto na cabeça e que não precisaria de treino para desfazer uma possível dúvida na meia. A presença de Molina entre os titulares pode ter sido apenas para tentar confundir Celso Roth, técnico do Atlético-MG.

O coletivo serviu para que Mancini verificasse se os jogadores assimilaram suas orientações para que o time deixe de sofrer tantos gols (até agora, foram 11 em 6 jogos no Brasileirão). E, aparentemente, ele ficou satisfeito. A marcação foi bem mais dura, impedindo que o ataque reserva finalizasse.