O Cruzeiro está em situação complicada no Brasileirão, correndo risco de rebaixamento. E enfrenta outro time ameaçado neste domingo, o Ceará, em jogo que acontece às 17 horas, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, pela penúltima rodada do campeonato. Diante desse cenário, o meia argentino Montillo pediu concentração total aos seus companheiros no time mineiro, lembrando que não há margem para erros numa decisão como essa.

“Contra qualquer time que a gente jogar nessa situação, a pressão vai ser muito grande. Você não tem margem de erro, não pode errar em um jogo como esse. Tem que estar concentrado ao máximo para conseguir a vitória”, afirmou Montillo, mostrando confiança no Cruzeiro. “Sei que não vai ser um jogo fácil. Eles têm um time bom. Então, temos que ir lá e ganhar. Serão 11 jogadores contra 11 jogadores, que também estão passando pela mesma situação.”

Cruzeiro e Ceará está separados por apenas um ponto (39 a 38), sendo que o time cearense está dentro da zona de rebaixamento do campeonato. Por isso, o confronto direto deste domingo pode definir o futuro de ambos. “A ansiedade é grande, porque você quer que chegue logo o jogo, para sair dessa situação. Não estamos na zona (de rebaixamento), mas estamos perto. Temos consciência disso, e temos que ganhar o jogo de domingo”, disse Montillo.

“O Cruzeiro é um time grande, que tem que se sacrificar, pela história que tem, e saber que em 90 minutos o time pode sair (do risco de rebaixamento) ou as coisas podem ficar muito complicadas. Estamos conscientes disso e eu acredito no time”, avisou Montillo, que tem sido o principal jogador cruzeirense nos últimos tempos. “Vamos nos esforçar ao máximo dentro de campo para o time ganhar”, completou o meia argentino.