O técnico português José Mourinho ainda não perdoou Adriano. Depois de ter se atrasado para o treino da última terça-feira, o atacante brasileiro segue afastado do time da Inter de Milão e não foi nem relacionado para o jogo deste sábado, contra a Reggina, pelo Campeonato Italiano.

Por conta do atraso no treino, Adriano já tinha ficado de fora do último jogo da Inter, na quarta-feira, contra a Fiorentina. Diante dessa volta dos problemas disciplinares – segundo a imprensa italiana, ele passou a madrugada de segunda-feira numa boate -, o futuro do atacante brasileiro é incerto no clube de Milão.

Mourinho não quis comentar o tempo de afastamento, mas mandou um recado para o atacante brasileiro. “A minha filosofia é a de que os jogadores devem saber se adaptar ao modo de pensar do treinador”, avisou o português. “Não podemos esquecer que isto é um grupo. Antes do grupo, vem a equipe. E antes da equipe, vem o clube. É claro que Adriano seria importante para o jogo, mas há princípios que estão em primeiro lugar.”