Sempre polêmico em suas declarações, José Mourinho rebateu nesta terça-feira as críticas feitas por Iniesta e Pepe, que consideraram que o treinador deveria ter mais respeito pelo goleiro Iker Casillas, a quem barrou do gol do Real Madrid nesta temporada – Diego López se tornou o titular. Sobre o zagueiro brasileiro naturalizado português, Mourinho não poupou palavras e disse que o jogador está “frustrado” por ter perdido a titularidade no Real para Varane.

“É muito fácil analisar o Pepe. Seu problema tem um nome e é Raphael Varane. Não tem mais história. Sobre o Pepe, não precisa ser muito inteligente, basta ser normal como eu, para entender que estamos falando de frustração. Não é fácil para um homem de 31 anos, com passado, ser atropelado por um garoto de 19 (na verdade, tem 20 anos). E é um garoto fantástico. Eu tive coragem de colocar o garoto. É muito simples, a vida do Pepe mudou”, declarou.

Ambos portugueses, Mourinho e Pepe pareciam ter uma boa relação até que o zagueiro repudiou o tratamento dado pelo treinador a Casillas, afirmando que o goleiro é uma “instituição” do Real e da Espanha. “Entendo a perfeitamente a frustração do Pepe, que foi traduzida em palavras. As coisas são claras, não tenho problemas com ele. Mas tenho que ser honesto e acho que quase todos pensam que o futuro do Real é com Varane e Sergio Ramos”, disse o técnico.

Assim como Pepe, Iniesta tomou as dores de Casillas e também defendeu o goleiro da seleção espanhola. Se Mourinho não poupou palavras para criticar um de seus jogadores, não foi surpresa que as palavras a um dos principais nomes do maior rival do Real fossem ainda mais duras. Por isso, nesta terça, o treinador português pediu que o meia do Barcelona esqueça o time madrilenho.

“Ele que pense o que quiser, mas só acho que tenho que lhe dizer que quando o Messi não está em campo sua equipe é tão diferente que fez o que fez nas semifinais da Liga dos Campeões”, comentou, lembrando as derrotas por 4 a 0 e 3 a 0 nas duas partidas que levaram o Bayern de Munique à final do torneio continental.

Se a escolha por Diego López no lugar de Casillas segue dando polêmica na Espanha, Mourinho voltou a comentá-la e, mais uma vez, defendeu o novo titular do gol madrilenho. “Gosto mais do Diego López como goleiro do que do Iker Casillas. É simples. Não é nenhuma decisão pessoal. Gosto de um goleiro que jogue bem com os pés, que domine o espaço aéreo e que é um fenômeno entre as traves”, avaliou.