A etapa de Laguna Seca da MotoAmerica, uma categoria satélite do Mundial de Superbike, ficou marcada por uma tragédia nos Estados Unidos. Na madrugada desta segunda-feira, dois pilotos espanhóis morreram, no hospital em que estava internados, vítimas de um múltiplo acidente ocorrido no circuito norte-americano na prova disputada no último domingo.

Bernat Martínez, de 35 anos, e Daniel Rivas Fernandez, de 27, não resistiram aos ferimentos depois de terem sido levados a diferentes hospitais que ficam próximos ao local do ocorrido. O primeiro deles foi transportado de ambulância para um hospital em Monterey, enquanto Rivas seguiu de helicóptero para um centro hospitalar em Salinas.

O grave acidente ocorreu já após a largada, na curva 1 da primeira volta da segunda corrida de domingo da categoria Superbike/Superstock 1000. As imagens da batida mostram várias motos capotando por diversas vezes e depois os pilotos estatelados em uma área de escape do circuito.

Presidente da MotoAmerica, o ex-piloto norte-americano Wayne Rainey, tricampeão da categoria 500cc, hoje chamada de MotoGP, a elite da motovelocidade, lamentou profundamente o ocorrido. “Realmente não tenho palavras para descrever o que todos nós sentimos. Em primeiro lugar e acima de tudo, é a perda para a família e entes queridos. Nossas sinceras condolências para todos eles, assim como para todos da família MotoAmerica”, afirmou, por meio de um comunicado.

Uma das vítimas de mais uma tragédia ocorrida neste esporte que certamente é um dos mais perigosos do mundo, Martínez foi vice-campeão europeu e do Campeonato Espanhol de Velocidade (CEV) em 2009. Oito anos mais jovem que seu compatriota, Fernandez realizava a sua segunda temporada nos Estados Unidos e ainda disputava, também neste ano, a categoria CEV, na qual foi segundo colocado da etapa de Aragão há poucos dias.

REPERCUSSÃO – A morte dos dois competidores gerou grande comoção no mundo da motovelocidade, principalmente entre os pilotos espanhóis. Atual bicampeão mundial da MotoGP, Marc Márquez, da Honda, usou sua página no Twitter para lamentar o ocorrido. “Notícia muito triste que chega dos Estados Unidos. Meus mais sentidos pêsames e todo o meu apoio às família de Dani Rivas e Bernat Martínez. Descansem em paz”, escreveu em sua rede social.

Também duas vezes campeão da MotoGP, Jorge Lorenzo foi outro a manifestar seu pesar pela trágica morte de seus compatriotas. “Magoado pelo ocorrido em Laguna Seca. Toda minha força às famílias de Bernat Martínez e Dani Rivas. Descansem em paz”, escreveu o piloto da Yamaha na categoria máxima da motovelocidade.

O presidente da Federação Internacional de Motociclismo para Europa, Wolfgang Srb, afirmou nesta segunda-feira que esta segunda-feira “é um dia sombrio para o esporte mas, acima de tudo, para as famílias dos pilotos”. “Esta é a notícia mais triste e terrível”, disse o dirigente, lamentando o fato de que os dois pilotos eram “excelentes esportistas” e tiveram de “pagar o preço mais alto” no acidente.