O próximo Campeonato Mundial da classe Star, no Rio, entre 12 e 23 de janeiro de 2010, terá o confronto dos dois maiores velejadores da história do País. Nesta terça-feira, durante a apresentação do evento, Robert Scheidt e Torben Grael tiveram suas presenças confirmadas.

“Velejar em casa é um sonho e poder disputar um título mundial no Brasil é muito especial”, disse Robert Scheidt, dono de dez títulos mundiais (nove na classe Laser e um na Star). “O conhecimento da raia é uma vantagem, sem dúvida, mas não é decisivo”, disse o bicampeão olímpico da Laser, que competirá ao lado de Bruno Prada.

“Velejar de Star é um grande prazer. É quando reencontramos os amigos. Competir na Baía de Guanabara será excelente. É uma grande vantagem para os brasileiros”, completou o também bicampeão olímpico Marcelo Ferreira, que retomará a parceria com Torben Grael no Mundial.

Torben Grael, comandante do veleiro Ericsson 4 na Volvo Ocean Race, só voltará a velejar na classe Star em outubro, quando começará a preparação para o evento de janeiro no Rio.