O técnico Muricy Ramalho demonstrou estar satisfeito com o desempenho do São Paulo nos últimos jogos, atuando com apenas dois zagueiros. Apesar de manter o mistério sobre a escalação da equipe, o treinador já acena novamente para o esquema com duas linhas de quatro, na defesa e no meio-de-campo, com Arouca entre os titulares, para o jogo contra o Defensor Sporting, do Uruguai.

“Ainda estou estudando, mas quando o time vem bem o técnico não deve se meter muito pra não atrapalhar. A gente vem jogando numa linha de quatro e assim nosso meio campo ganhou muita qualidade”, disse Muricy, após o treino desta terça-feira.

Com o fim da primeira fase do Campeonato Paulista e a chegada dos confrontos decisivos no estadual e na Copa Libertadores, Muricy Ramalho já avisou que o rodízio de jogadores na equipe chegou ao fim e que agora o São Paulo tem uma base definida para o restante da temporada. Rogério, Zé Luis, André Dias, Miranda, Junior César, Jean, Hernanes, Jorge Wagner e Washington têm escalação praticamente garantida. Enquanto o volante Arouca e o atacante Borges são os favoritos para completar a equipe.

Sem nenhum desfalque para o jogo desta quarta-feira, contra o Defensor, o treinador comemorou o planejamento da equipe para este momento de decisões. “Mais uma vez nosso planejamento está de parabéns porque nosso time chega bem para este momento de decisões. A parte física está bem e não temos nenhum jogador machucado”, afirmou.

O treinador também reiterou que não irá priorizar nenhuma competição e que irá com força máxima nas duas competições. “A gente sabia que ia chegar um momento em que iríamos dar prioridade às duas competições, porque estamos nas finais no Paulista, bem na Libertadores e não tem como abrir mão de nenhuma. Vamos jogar os dois torneios no mesmo nível, e o que está nos ajudando é o nosso plantel”, concluiu Muricy.