Não foi só a torcida que ficou com uma má impressão do desempenho do São Paulo na derrota de domingo para o Bragantino na estreia do Campeonato Paulista. Insatisfeito com a fraca performance da equipe, o técnico Muricy Ramalho promoveu a entrada do atacante Osvaldo no lugar do volante Denilson e trocou o esquema 3-5-2 pelo 4-2-3-1 no último treino antes do jogo contra o Mogi Mirim, nesta quarta, no Morumbi.

Na estreia contra o Bragantino, Denilson foi uma espécie terceiro zagueiro e o volante Wellington acabou escalado quase como um ponta direita para cobrir os avanços do lateral Luis Ricardo. Com as mudanças feitas agora, Wellington volta à função de primeiro volante e Osvaldo retorna à faixa de campo onde viveu os melhores dias com a camisa do São Paulo.

Antes da bola rolar no treino, Muricy conversou longamente com o grupo para explicar o novo posicionamento e também para pedir uma postura mais agressiva para os atletas, especialmente quando não estiverem com a bola. Os meias Maicon e Ganso serão mantidos para tentar dar mais força ofensiva na saída de bola, outro ponto bastante criticado pelo treinador no tropeço em Bragança Paulista.

Com as alterações, o São Paulo deve jogar contra o Mogi Mirim com Rogério Ceni; Luis Ricardo, Rodrigo Caio, Antonio Carlos e Reinaldo; Wellington, Maicon e Ganso; Ademilson, Osvaldo e Luis Fabiano.