Os treinos com a seleção brasileira masculina de vôlei que vai disputar a Copa dos Campeões no Japão, entre 19 e 24 de novembro, parecem estar fazendo bem a Murilo. Em recuperação de uma cirurgia no ombro direito, o jogador está fora da competição, mas foi convidado para se concentrar com seus companheiros. Ele demonstrou otimismo com o processo e disse acreditar que estará pronto para voltar a atuar normalmente em breve.

“Joguei um longo período sem tomar a decisão pela cirurgia e chegou em um momento que não dava mais para esperar. Mas agora já estou em outra fase. O tempo vai ajudando e hoje estou feliz pelo progresso no tratamento e por já estar quase pronto para voltar às quadras de vez”, disse.

Apesar da confiança, Murilo sabe que neste momento precisa ter cuidado para não agravar a lesão. Há seis meses afastado do vôlei, após a cirurgia em maio, o jogador evitou fazer grandes planos para o retorno, que acontecerá somente no ano que vem, e revelou que ainda sente dores ao tentar alguns golpes.

“Neste momento, não sou aquele jogador de dois, três anos atrás. Ainda não tenho 100% de confiança. Quando tento um ataque mais forte, ainda sinto um pouco o ombro e isso é normal. Mas, agora, o mais importante é esse retorno ao grupo, à seleção e ao treinamento com o equipe”, comentou.

Pela primeira vez fora de uma convocação da seleção desde 2003, Murilo admitiu que estava com saudade de se concentrar com seus companheiros. “Curioso que, quando estamos aqui no Aryzão (no Centro de Desenvolvimento de Voleibol de Saquarema), reclamamos um pouco porque estamos longe de casa, porque as viagens são longas, pelo período extenso de treinamento, porque tudo é muito cansativo. Mas a verdade é que tudo isso ganha um valor ainda maior quando não temos a possibilidade de estar aqui. Estou muito feliz com o convite de estar de novo junto ao grupo e agora espero que seja em definitivo.”