O escocês Andy Murray voltou a ter dificuldades para avançar no Masters 1000 de Cincinnati nesta quinta-feira. Depois de uma estreia complicada, contra o francês Jeremy Chardy, o número quatro do mundo sofreu para virar sobre o letão Ernests Gulbis e vencer por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 7/6 (7/4).

Campeão do Masters de Toronto, no domingo, Murray não tem conseguido manter o mesmo nível de atuações da semana passada. Nesta quinta, ele não resistiu ao bom tênis do adversário, uma das promessas do circuito, e precisou correr atrás no marcador.

Gulbis começou melhor e abriu vantagem no primeiro set. No entanto, caiu de rendimento na sequência. Ele alternava bons momentos com falhas que decepcionavam a torcida. Ao todo, acertou 49 bolas vencedoras, contra 22 de Murray.

As falhas, porém, acabaram se sobrepondo aos acertos. Gulbis registrou 54 erros não forçados (contra 23 do rival) e facilitou a recuperação do escocês. Murray empatou o duelo no segundo set e abriu a parcial decisiva com uma quebra. O letão igualou o jogo logo na sequência e levou o duelo para o tie break. E, mais uma vez, Gulbis sucumbiu aos próprios erros e viu o favorito fechar a partida após 2h33min.

Com o resultado, Murray somou sua sétima vitória consecutiva no circuito, considerando também os triunfos em Toronto. Nas quartas de final em Cincinnati, o escocês terá pela frente o americano Mardy Fish, que despachou o francês Richard Gasquet por 7/5 e 6/2. Fish foi o algoz do espanhol Fernando Verdasco, na quarta-feira.