O clima foi de festa na noite deste domingo no Pacaembu. Na despedida do técnico Mano Menezes, que nesta segunda-feira assume o comando da seleção brasileira, o Corinthians derrotou o Guarani por 3 a 1 e conseguiu voltar à liderança do Brasileirão.

Com a vitória, o Corinthians chegou aos 24 pontos e, contando com o empate do Fluminense diante do Botafogo, retomou a liderança do Brasileirão. Já o Guarani, o valente coadjuvante na festa de despedida de Mano Menezes, ficou com 14 pontos.

“Espero fazer um grande jogo aqui para comemorar”, disse Mano, antes mesmo de a bola rolar. “O torcedor ajudou muito e isso fica marcante em nossas vidas e, certamente, vai deixar saudade”, completou o treinador, ovacionado pelos corintianos.

A festa corintiana, que já foi grande na entrada de Mano no gramado, aumentou logo no primeiro minuto, quando o time conseguiu abrir o placar. Em cobrança de escanteio de Bruno César, William desviou a bola e Jorge Henrique fez 1 a 0.

Mesmo com o gol que saiu tão cedo, o Corinthians não se acomodou. Continuou pressionando, tanto para homenagear o treinador que se despede quanto para mostrar serviço para o que está chegando – Adilson Batista se apresenta na terça-feira.

Mas o Guarani também levava algum perigo à defesa corintiana, principalmente nos contra-ataques. Faltou, porém, acertar o gol na hora da conclusão. Assim, o primeiro tempo da partida terminou mesmo no 1 a 0.

No segundo tempo, o Guarani quase estragou a festa corintiana. Aos 18 minutos, Mazola recebeu lindo passe de Baiano e empatou o jogo. O Corinthians, no entanto, conta com Bruno César, que, numa noite inspirada, fez os dois gols da vitória.

Antes disso, porém, Dentinho foi expulso após tentativa de agressão ao meia Mário Lúcio, deixando o Corinthians com um a menos em campo. Mas o Guarani também perdeu um jogador, com o cartão vermelho recebido pelo zagueiro Aílson.

Com 10 jogadores de cada lado, brilhou a estrela de Bruno César. Aos 32 minutos, ele bateu falta com categoria e fez 2 a 1. Depois, já aos 40, aproveitou cruzamento de Roberto Carlos para fechar o placar e completar a festa corintiana.

FICHA TÉCNICA:

Corinthians 3 x 1 Guarani

Corinthians – Julio Cesar; Alessandro, Paulo André, William e Roberto Carlos; Jucilei, Paulinho (Ralf), Elias (Boquita) e Bruno César (Danilo); Dentinho e Jorge Henrique. Técnico: Mano Menezes.

Guarani – Douglas; Rodrigo Heffner, Aílson, Rodrigo e Márcio Careca; Renan, Baiano (Geovane), Paulo Roberto e Mário Lúcio (Heverton); Mazola e Ricardo Xavier (Diogo). Técnico: Vágner Mancini.

Gols – Jorge Henrique, a 1 minuto do primeiro tempo; Mazola, aos 18, e Bruno César, aos 32 e aos 40 minutos do segundo tempo.

Árbitro – Rodrigo Ferreira do Amaral (SP).

Cartão amarelo – Aílson, Bruno César, Roberto Carlos, Mário Lúcio e Rodrigo Heffner.

Cartão vermelho – Dentinho e Aílson.

Renda e público – Não disponíveis.

Local – Estádio do Pacaembu, em São Paulo.