A dupla recém-formada pelo brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray fez a sua primeira partida nesta segunda-feira e bateu Radu Albot (Moldávia) e Martin Klizan (Eslováquia) por 2 sets a 0, com duplo 6/3, e avançou para a segunda fase – quartas de final – do Torneio de Doha, no Catar.

Na sequência da competição, Soares e Murray encaram a dupla francesa Jeremy Chardy e Paul-Henri Mathieu, que superaram Jabor Mohammed Ali Mutawa (Catar) e Malek Jaziri (Tunísia) por duplo 6/2 na primeira partida.

Bruno Soares, 20.º melhor duplista do ranking da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais), desfez a parceria com o austríaco Alexander Peya ao final de 2015 para se juntar a Jamie, que é irmão mais velho de Andy Murray e sétimo colocado do ranking.

Mais cedo em Doha, Peya também estreou com vitória ao lado do alemão Philipp Petzschner sobre a dupla local formada por Mousa Shanan Zayed e Mubarak Shannan Zayid, por 2 sets a 0 (duplo 6/1).

ANDRÉ SÁ CAI NA ESTREIA – Outro brasileiro que fez sua primeira partida no ano em Doha não teve a mesma sorte de Bruno Soares. André Sá e o austríaco Julian Knowle foram derrotados por Simone Bolelli (Itália) e Sergiy Stakhovsky (Ucrânia) por 2 sets a 0.

A dupla de Sá impôs dificuldades aos adversários no primeiro set, levando ao tie-break, mas não conseguiu manter o ritmo na segunda parcial e acabou levando 7/6 (8/6) e 6/1, dando adeus ao primeiro torneio do ano. Bolelli e Stakhovsky encaram os espanhóis Feliciano e Marc Lopez nas quartas de final.