O técnico mudou, mas os resultados continuam decepcionantes na seleção da França. Nesta sexta-feira, Laurent Blanc estreou no comando da equipe em jogos oficiais com uma derrota por 1 a 0 para a frágil Bielo-Rússia, no Stade de France, em Paris, na rodada de abertura da Eliminatórias da Eurocopa de 2012.

Com o resultado, Blanc somou seu segundo revés à frente da equipe, depois da frustrante campanha na Copa do Mundo – a queda na primeira fase contribuiu para a demissão de Raymond Domenech. No mês passado, a França foi derrotada pela Noruega, por 2 a 1, em amistoso.

Blanc espera não repetir a decepção de Domenech no comando da seleção. O novo técnico já avisou que pedirá demissão caso não consiga classificar a França para a Eurocopa. Para evitar a medida drástica, Blanc tem buscado resgatar o orgulho dos jogadores franceses. Nesta semana, levou o ídolo Zinedine Zidane aos treinos para motivar os atletas e obrigou-os a cantar o hino nacional antes da partida desta sexta.

Contudo, a mudança de atitude parece não ter tido efeito na estreia das Eliminatórias. Ciente da pressão popular, a seleção francesa mostrou afobação no primeiro tempo, apesar do domínio total na partida, e pouco ameaçou a defesa da Bielo-Rússia.

O panorama se manteve depois do intervalo. A França chegou a balançar as redes, aos 17 minutos. Mas o árbitro anulou o gol de Malouda, em posição de impedimento. Sem sucesso no ataque, o time vacilou na zaga e acabou sofrendo o gol aos 40 minutos. Kislyak garantiu a vitória dos visitantes.

A derrota na estreia deixou a França na penúltima colocação do Grupo D, à frente apenas de Luxemburgo, que perdeu por 3 a 0 da Bósnia-Herzegovina, líder da chave. Ainda nesta sexta, Romênia e Albânia empataram por 1 a 1.