De técnico novo, o Avaí surpreendeu o São Paulo nesta quarta-feira e venceu por 2 a 1, no Morumbi, na retomada do Campeonato Brasileiro após o recesso da Copa do Mundo. Roberto e Vandinho marcaram para os visitantes do Sul e Hernanes descontou para os donos da casa.

Com o resultado, o São Paulo chegou a sua terceira derrota, em oito jogos pelo Brasileirão, e estacionou nos 11 pontos, agora mais distante do G-4. O Avaí alcançou a mesma pontuação e permanece na zona intermediária da tabela.

A partida desta quarta foi marcada pela lentidão do São Paulo, que dominou o jogo desde o início, e pela eficiência do setor ofensivo dos catarinenses, comandados pelo técnico Antônio Lopes. No controle das jogadas, os anfitriões chegaram com perigo pela primeira vez aos 7 minutos, em cobrança de falta de Rogério Ceni. A bola passou rente à trave do goleiro Renan.

Jogando no contra-ataque, o Avaí teve como principal arma a velocidade de Roberto, pela direita. O atacante mandou uma bola na trave aos 17 minutos de jogo, após arrancar do meio-campo, passar o zagueiro Alex Silva na corrida e bater na saída de Rogério Ceni.

Mas a partida só ganhou maior movimentação depois do intervalo. O Avaí adiantou a sua marcação e equilibrou o duelo. Aos 15, Roberto corou o bom momento dos visitantes com um gol. Ele completou chute cruzado de Patrick pela direita, após arrancada do volante Rudnei, e mandou para as redes.

O gol desconcentrou o São Paulo e os visitantes não demoraram para chegar ao segundo gol. Aos 20, Roberto foi lançado pela esquerda, ajeitou dentro da área e rolou para Vandinho, de carrinho, completar para a rede. Os são-paulinos reclamaram de mão do atacante após o lançamento, mas o árbitro validou o gol.

Pouco depois de levar o segundo gol, o São Paulo voltou a reclamar com a arbitragem. O atacante Dagoberto caiu na área, em lance com Rudnei, e pediu pênalti. O juiz Francisco Carlos Nascimento marcou falta fora da área.

Mais calmos, os donos da casa não se abateram com o lance e buscaram o gol. Após furada de Cléber Santana e Fernandão, em cruzamento rasteiro da direita, Hernanes acertou o pé e mandou para o fundo das redes, aos 31 minutos. Na sequência, o São Paulo pressionou o Avaí, mas não conseguiu assustar o adversário, que se defendeu bem e garantiu a vitória.

Na próxima rodada, o São Paulo vai visitar o Vitória, no Barradão, em Salvador, sábado, às 18h30. No dia seguinte, o Avaí receberá o Palmeiras, na Ressacada, em Florianópolis, às 16 horas.

Ficha Técnica:

São Paulo 1 x 2 Avaí

São Paulo – Rogério Ceni; Miranda, Alex Silva e Richarlyson; Jean, Rodrigo Souto (Cléber Santana), Hernanes (Washington), Marlos e Júnior César; Dagoberto e Fernandão. Técnico: Ricardo Gomes.

Avaí – Renan; Patrick, Gabriel , Emerson Nunes e Eltinho (Marcos); Marcinho Guerreiro, Rudnei (Diogo Orlando), Rivaldo e Caio; Robinho (Vandinho) e Roberto. Técnico: Antônio Lopes.

Gols – Roberto, aos 15, Vandinho, aos 20, e Hernanes, aos 31 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos – Alex Silva, Richarlyson (São Paulo); Caio, Roberto, Marcinho Guerreiro, Gabriel e Eltinho (Avaí).

Árbitro – Francisco Carlos Nascimento (AL).

Renda e público – Não disponíveis.

Local – Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).