Faltam menos de 3 meses para o Estadual 2011 começar, mas a Federação Paranaense de Futebol (FPF) ainda não prevê nenhum benefício para seus clubes. A grande prioridade é cumprir as exigências da TV patrocinadora do campeonato. “Temos até 15 de novembro para apresentar a tabela”, disse o presidente da entidade, Hélio Cury.

Questionado sobre projetos como o da troca de notas fiscais por ingressos, o comandante da “entidade-mãe” do futebol paranaense disse que prefere esperar a posse do novo governador, Beto Richa, para só depois negociar. “Vamos ver o que se pode fazer. Tem que ver a mudança de governo. Estamos estudando tudo que é possível”, disse.