Em mais uma atuação pouco convincente, o espanhol Rafael Nadal precisou virar sobre o francês Paul-Henri Mathieu nesta quinta-feira para alcançar as quartas de final do Masters 1000 de Cincinnati. O número 3 do mundo venceu por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/2, depois de levar um susto no início do jogo.

Nadal começou mal e perdeu o saque logo no segundo game, deixando Mathieu abrir 3 a 0. Em seguida, o espanhol mostrou grande poder de reação e surpreendeu o rival com uma boa virada, impondo duas quebras ao francês.

No segundo set, Nadal manteve o ritmo e chegou a abrir 5 a 1 no placar, mostrando grande evolução em comparação à parcial anterior. Sem ter o saque ameaçado, o espanhol obteve duas quebras e apresentou aproveitamento de 93% dos pontos quando jogou com o primeiro serviço, fechando o jogo após 1h55min.

Nas quartas de final, Nadal terá pela frente o checo Tomas Berdych, que superou o australiano Chris Guccione, que veio do qualifying, por 6/4 e 6/3, nesta quinta.

Ainda pelas oitavas, o francês Gilles Simon, 9.º do ranking, obteve uma boa vitória de virada sobre o russo Nikolay Davydenko, número 8 do mundo. Simon perdeu o primeiro set no tie break, por 7/6 (8/6), mas reagiu em seguida e virou com duplo 6/4.