O espanhol Rafael Nadal conseguiu nesta quarta-feira uma vitória dramática em sua estreia no Masters 1000 de Paris, na França. Diante do compatriota Nicolas Almagro, adversário pra quem jamais havia perdido um set sequer em quatro partidas, o espanhol errou muito e precisou salvar cinco match points, mas conseguiu vencer o confronto por 3/6, 7/6 (2) e 7/5, em 3 horas e 14 minutos de partida.

Almagro desperdiçou uma chance incrível de fechar a partida no segundo set, quando vencia por 6/5, tinha o saque e abriu 40/0. Depois de permitir a igualdade em 40/40, ele novamente teve outras duas oportunidades de fechar a partida, mas Nadal empatou e venceu o tie-break com tranquilidade.

Mesmo demonstrando maior cansaço, Almagro não se abalou e voltou melhor no set decisivo. Ele novamente teve grande oportunidade de fechar quando abriu 5/3, mas foi quebrado com facilidade. A partir daí, Nadal dominou o set e fechou em 7/5. O segundo favorito enfrenta nas oitavas o compatriota Tommy Robredo, que derrotou o checo Tomas Berdych por duplo 6/4.

O francês Arnaud Clement protagonizou outra surpresa nesta quarta-feira e eliminou o alemão Tommy Haas, 16.º cabeça de chave, em uma partida muito acirrada. Depois de perder o primeiro set, Clement se recuperou nas duas parciais seguintes e fechou em 5/7, 6/3 e 7/6 (8). Na próxima rodada, ele terá uma partida complicada contra o sérvio Novak Djokovic, terceiro favorito.

Já o chileno Fernando Gonzales teve dificuldades contra o norte-americano John Isner, mas confirmou o favoritismo e venceu por 7/5 e 7/6 (3). O décimo favorito faz agora um duelo sul-americano contra o argentino Juan Martin del Potro.