O espanhol Rafael Nadal precisou de duas horas e 13 minutos para derrotar neste domingo o checo Tomas Berdych por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 7/5 e 6/4, em Londres, conquistando o bicampeonato do tradicional torneio de Wimbledon, disputado em quadras de grama.

Com o oitavo título de Grand Slam de sua carreira, o tenista se igualou a Andre Agassi, Jimmy Connors, Ivan Lendl, Fred Perry e Ken Rosewall, que detêm a mesma marca. Além dos dois campeonatos realizados na capital da Inglaterra, Nadal também tem em seu currículo um título do Aberto da Austrália e cinco de Roland Garros.

Em uma partida escassa de lances emocionantes, o espanhol se aproveitou do fraco saque de Berdych para dominar o duelo. Nadal quebrou o saque em cinco oportunidades e em nenhum momento perdeu o serviço.

Entretanto, o líder do ranking mundial não foi tão superior em relação ao tenista checo, cometendo 21 erros não-forçados contra 17 do adversário. Após o ponto que lhe deu o título, Nadal se jogou na grama da principal quadra de Wimbledon e cobriu o rosto com as mãos.

O triunfo deste domingo representou a 14ª vitória seguida no torneio inglês. No ano passado, ele não pôde disputar a competição, pois estava com uma tendinite nos joelhos.