Foi a primeira vez, na “era Marcelo Oliveira”, que vem desde o início da temporada, que o Paraná Clube levou três gols. E a derrota para o Icasa deixou o técnico preocupado. “Perdemos, e perdemos de uma maneira que foi ruim. Nós não produzimos, e isto não pode mais acontecer”, resumiu o treinador, logo após o jogo em Juazeiro do Norte.

Marcelo afirmou que os jogadores estavam avisados do que iria acontecer no Romeirão. “Na preleção, disse a eles que seríamos pressionados, que sempre foi assim aqui. E eles foram para cima, e fizeram o gol por merecimento, porque foram mais agressivos. Até conseguimos criar oportunidades antes, mas não marcamos. Depois ficamos apáticos. O Icasa jogou muito bem, e nós tivemos uma atitude diferente”, analisou o técnico paranista.

Oliveira admitiu que o esquema com dois zagueiros não deu certo. “Foi muito bem nos treinos, teve uma ótima atuação contra o Atlético, mas não encaixou a marcação aqui em Juazeiro. Agora precisamos sentar, pensar e detectar o que aconteceu. Houve mudanças no sistema defensivo, mas temos que conviver com isso”, comentou.

Para o treinador, é hora de calma. “Não tem nada de terra arrasada. Potências do futebol caíram na Copa do Mundo e não aconteceu nada. Só que não podemos achar que foi normal o que aconteceu hoje (ontem). E nem achar que vamos vencer a próxima partida com facilidade. Nós temos uma marca que é a entrega total, que é a mobilização. Precisamos disso sempre, e claro que precisamos disso na próxima rodada”, finalizou Marcelo Oliveira, citando a partida de sábado com o Guaratinguetá.