O Brasil classificou o revezamento 4 x 100 m medley masculino para os Jogos de Londres e ganhou mais um nadador para a delegação.

Em cada prova de revezamento apenas 16 países competem na Olimpíada -os 12 primeiros colocados do Mundial de Desportes Aquáticos, no ano passado, e quatro outros escolhidos pela federação internacional de acordo com o ranking mundial.

O time brasileiro não havia obtido a vaga no Mundial. O tempo que classificou o Brasil foi obtido na conquista da medalha de ouro dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara -3min34s58.

A delegação brasileira também conseguiu incluir João de Lucca como reserva para o 4 x 100 m livre. Ele obteve o sexto melhor tempo do país. A equipe tem agora Cesar Cielo, Nicolas Oliveira, Bruno Fratus, Marcelo Chierighini, Nicholas Santos e João de Lucca.

No revezamento medley, o time hoje seria Thiago Pereira (costas), Felipe França (peito), Kaio Márcio (borboleta) e Cielo (crawl). Mas pode haver mudanças, de acordo com a avaliação da comissão técnica durante os Jogos.

O país não classificou o 4 x 200 m livre masculino nem os revezamentos femininos.
O Brasil terá 21 nadadores em Londres na natação e na maratona aquática.