Para um jogador, em especial, o dia 16 de agosto não traz boas lembranças. Foi nessa data, no ano passado, que o lateral Nei sofreu a lesão (ruptura de ligamentos) em seu joelho direito, na vitória por 5 a 0 diante do Ipatinga, na Arena. A partir dali, teve início o sofrimento do atleta, que passou por cirurgias e um longo processo de recuperação.

Superado o trauma, o lateral estará novamente na Arena para defender o Atlético a conquistar mais uma vitória. Atualmente vive uma boa fase, mesmo jogando improvisado como zagueiro. Para ele, o importante é ajudar o Furacão. “Estou quebrando galho e o resultado está acontecendo. Então agora é manter. São três partidas e ainda não tomamos nenhum gol”, comemora o lateral-zagueiro.

Sobre a lesão no joelho, o jogador fala pouco e prefere vislumbrar um dia feliz para ele e a torcida atleticana. “Se for pensar, há um ano eu estava saindo chorando de maca. É complicado lembrar dessa fase. Mas isso já passou e se Deus quiser sairei sorrindo neste domingo”, comenta Nei.