Paris – O brasileiro Nelsinho Piquet chega à equipe da Renault "para aprender e tirar o melhor proveito possível dos meios técnicos" que coloquem a sua disposição na temporada que marcará sua estréia na Fórmula 1.

Piquet, de 23 anos e filho do tricampeão mundial da categoria máxima, Nelson Piquet, referiu-se a suas expectativas durante a apresentação oficial do novo modelo R28 nas proximidades de Paris.

"A estréia na Austrália ainda está longe, falta um mês e meio, e aproveitaremos este tempo para desenvolver o novo modelo e torná-lo competitivo", disse Piquet, que no ano passado foi piloto de teste da equipe francesa.

O jovem piloto afirmou que ainda tem "muito que aprender" na Fórmula 1 e para isso será fundamental "ter como companheiro o bicampeão mundial Fernando Alonso" na Renault, a quem espera "ser útil".

Quem não vê chances para Piquet na Fórmula 1 é o ex-campeão mundial austríaco Niki Lauda, atualmente comentarista televisivo.

"Acredito que Piquet não tem chances de ser comparado nem com Alonso nem com Lewis Hamilton. Não tenho nada contra ele, mas não é Hamilton, e Alonso é um piloto excepcional, talvez o melhor de todos, ambos são muito superiores", disse Lauda ao canal austríaco RTL.