“Só a desatenção mesmo para o Iraty conseguir vazar a defesa do Coritiba, no calor da noite de ontem, em Paranaguá. O bom Azulão, diga-se de passagem. Mas o técnico Ney Franco reclamou, e com razão, porque o time precisa ficar alerta o tempo inteiro, mas isso não será difícil de ser corrigido.

Os próprios jogadores sabem que precisam evoluir e o time está no caminho certo apesar de a campanha no Campeonato Paranaense não servir de parâmetro para a Série B do Brasileiro, ou mesmo a Copa do Brasil, que começará nos próximos dias para o Alviverde. O importante neste momento é o recorde que entra na história e pode ser ampliado em Paranavaí, o orgulho da torcida no time que tem, a classificação para a 2.ª fase praticamente garantida e uma vantagem no supermando que é questão de tempo para ser conquistada. Contra o Paranavaí, a marca tem tudo para ser quebrada mesmo no calor do Fim da Linha porque nem o calor, nem local, está parando esse irresistível Coritiba”.