Responsável direto pela maioria dos gols do Santos, Neymar lamentou nesta terça-feira a ausência de Montillo, principal armador do time, nas finais do Paulistão. O meia argentino foi a contratação mais cara da história santista.

“É um desfalque ruim, quer dizer, muito ruim, até pela qualidade que tem, por ser um grande jogador, um craque. Faz muita falta para a gente, sim. Espero que quem entrar no lugar dele, faça bem suas funções e possa nos ajudar”, comentou o atacante, no embarque do time para Santa Catarina, onde o Santos enfrentará o Joinville, nesta quarta, pela Copa do Brasil.

Mesmo com esta importante baixa, Neymar aposta em uma boa atuação fora de casa. O time espera vencer por pelo menos dois gols de diferença para eliminar a partida da volta, na Vila Belmiro. “Espero que o Santos vá lá e faça uma partida maravilhosa. Espero que a gente traga uma boa vitória para cá também”, declarou.

O atacante, porém, não esconde que o time está mais preocupado com a final do Estadual do que com o confronto válido pela segunda fase da Copa do Brasil. “Desde a primeira partida do Paulista que buscamos isso [título]. Estamos mais próximos agora e vamos jogar contra uma grande equipe. Vamos respeitar o Corinthians, mas o nosso desejo é vencê-los”, projetou.

Montillo sofreu estiramento no músculo posterior da coxa esquerda no último sábado, na semifinal do Paulista contra o Mogi Mirim. A previsão do departamento médico é de que o argentino fique afastado dos gramados por dez dias. Assim, ele teria chances de disputar o segundo jogo da final do Paulistão, no dia 19, na Vila Belmiro.