A diretoria do Atlético-MG apresentou oficialmente na manhã desta sexta-feira o meia Diego Souza, ex-atleta do Palmeiras. O time de Minas Gerais adquiriu 50% dos direitos econômicos do jogador, que assinou contrato por quatro anos com o clube de Belo Horizonte.

“O Diego Souza é um jogador dentro do perfil que queríamos, com passagens pela seleção brasileira principal e, também, com as equipes de base do Brasil. Ganhou o prêmio de melhor jogador do Campeonato Brasileiro em 2009 e era pretendido por diversos clubes do Brasil e do exterior. Acho que fizemos a grande contratação do ano”, disse o diretor de futebol, Eduardo Maluf.

O dirigente afirmou ainda que o Atlético-MG não mediu esforços para adquirir metade dos direitos de Diego Souza, por 3 milhões de euros. “Foi uma operação casada, na qual o clube repassou para a Traffic o valor da venda do Kleber ao Porto – 2,3 milhões de euros – e fez o complemento. Isto demonstra o quanto queremos uma equipe forte e competitiva”, declarou.

Sobre a recepção que teve ao desembarcar no aeroporto da Pampulha, na capital mineira, o meia asseverou que foi muito importante para ele receber o carinho da torcida. “Chegar e ser bem recebido, como fui, é muito importante, pois quando eu entrar em campo isto vai contar muito porque sei que têm pessoas que estão junto comigo”, disse.

O meia destacou ainda que está feliz por voltar a trabalhar com o técnico Vanderlei Luxemburgo. “Estou vindo para uma excelente equipe, que tem um treinador de ponta, pessoa capacitadas para exercer as suas funções e com um elenco bem formado para conquistar títulos”, concluiu Diego Souza.

“Já trabalhei com Luxemburgo e toda a sua comissão. Conversei pessoalmente com o presidente e, pela estrutura que o Atlético-MG tem hoje e por tudo que conversamos, tive muito interesse porque o projeto é muito bom. É um excelente elenco com chances de disputar o título do Brasileirão”, finalizou o atleta de 25 anos.