Desde o último domingo, quando foi humilhado em sua própria casa com uma derrota por 4×0 para o homônimo mineiro, o Atlético vive mudanças intensas em seu departamento de futebol.

Geninho pediu demissão e a diretoria contratou Waldemar Lemos, que estava no Náutico, e terá a dura missão de reerguer o Furacão no campeonato brasileiro. Convenceu o atleticano e preparador físico Riva Carli a trocar a Flamengo pelo CT do Caju e apostou no trabalho do paranaense Ocimar Bolicenho como diretor de futebol.

Também retornou a antiga política de manter uma comissão técnica permanente. “É o melhor caminho para que o clube não fique órfão quando da saída de treinadores que trazem suas comissões”, afirmou o presidente Marcos Malucelli.

Ontem, o novo técnico chegou a Curitiba e foi apresentado aos seus novos comandados, mas não a imprensa local. Por determinação da diretoria e devido ao pouco tempo disponível para efetuar treinamentos e fazer os preparativos para a viagem ao Recife, a apresentação do treinador acontecerá hoje no aeroporto, antes do embarque da delegação.

Ao site oficial, Lemos concedeu algumas palavras e disse que a recuperação do time vai acontecer, mas com muito trabalho. “As coisas vão acontecer devagar e com calma. A ajuda é múltipla, espero que me ajudem, assim como vou ajudar as pessoas no Atlético (…) Minha maneira de trabalho é justa. Eu tomo a providência que for preciso. Se tiver que elogiar a gente elogia e se precisar de alguma punição, existe a conversa e o diálogo.”

Treinamento

Após um rápido bate-papo nas dependências do CT, Lemos subiu ao gramado e já dirigiu o seu primeiro treinamento. Conversou com o ex-auxiliar técnico André Souto (filho de Geninho) para pegar informações sobre o elenco e fez uma pequena reunião com todos no centro do gramado. Antes, porém, acompanhou o treino físico dirigido por Riva Carli, que ontem reassumiu o cargo de preparador físico do Atlético.

Após as atividades de campo ocorreram novas reuniões para definir quais os atletas que irão compor a delegação para enfrentar o Sport, na Ilha do Retiro. Pela primeira movimentação é provável que Rafael Santos ganhe uma nova oportunidade na zaga, ao lado de Rhodolfo – recuperado da contusão no joelho – e Antônio Carlos. Chico voltaria para o meio, ao lado de Valencia.