Fiorano, Itália – Depois do fracasso na temporada passada, Michael Schumacher começou a trabalhar mais cedo em 2006. Antes mesmo da apresentação oficial do novo carro da Ferrari, marcada para o dia 24 de janeiro, o piloto alemão já começou a testá-lo, ontem, no circuito de Fiorano, na Itália.

Na temporada passada, o modelo F2005 só começou a ser testado em fevereiro e sua estréia aconteceu apenas na terceira etapa do campeonato. Dessa vez, a Ferrari pretende colocar o novo carro na pista já no GP de abertura do Mundial, dia 12 de março, no Bahrein.

No treino de ontem, com um pouco de neve no circuito particular da Ferrari, Schumacher foi para a pista de manhã e de tarde. Primeiro, completou 30 voltas.

E depois, fez mais 51.

O tempo pouco contou (o melhor foi 59s569), porque ele esteve sozinho no circuito. Foi mais para o alemão começar a conhecer o novo carro.

Mas o treino da tarde, programado para seguir, foi interrompido por um problema que a equipe não revelou. Quando se preparava para completar a volta 52, o carro foi perdendo potência e a F2006 – que pode ser rebatizada de F248, segundo rumores -, começou a ir lenta na reta do circuito.

De repente, o carro parou de vez, sem motivo aparente. A Ferrari não revelou o motivo do problema, mas informação que correu no circuito dizia que foi alguma coisa com o combustível. O treino segue até sexta em Fiorano.