As mudanças no regulamento na Fórmula 1 não vão mudar o equilíbrio de forças na categoria, segundo o alemão Michael Schumacher. Para o mais bem-sucedido piloto da história, os favoritos continuarão os mesmos, apesar da volta dos pneus slick, das novas dimensões das asas e da introdução do KERS – sistema de recuperação de energia cinética.

“As equipes de ponta continuarão na frente, porque têm as melhores pessoas e são mais organizadas. Algumas escuderias darão um passo à frente, mas não deve haver muitas mudanças só porque as regras foram alteradas”, disse o ex-piloto da Ferrari ao jornal La Gazzetta dello Sport.

Mesmo sem mudar a ordem da categoria, as mudanças foram aplaudidas por Schumacher, que aposta em mais ultrapassagens. “Potencialmente, acho que as provas ficarão mais emocionantes. Não sou especialista em aerodinâmica, nem em projetos técnicos, mas o essencial era reduzir a aerodinâmica e aumentar a aderência mecânica. Agora os carros poderão andar mais próximos uns dos outros, e talvez apenas isso já seja suficiente para incrementar o espetáculo”, disse.