Nove seleções vão brigar pelas quatro vagas que restam para a fase final da Eurocopa de 2008. As equipes de Inglaterra, Portugal, Suécia e Turquia são as favoritas para obter o passaporte para a competição continental, que será disputada na Áustria e na Suíça.

A seleção portuguesa, do técnico brasileiro Luiz Felipe Scolari, vice-campeã na última edição, só precisa de empate diante da Finlândia, no Estádio do Dragão, no Porto, para se classificar no Grupo A ao lado da já garantida Polônia.

Os finlandeses precisam ganhar hoje e torcer para que a Sérvia não vença os dois jogos que lhe restam. Só dessa forma, irão se classificar pela primeira vez à fase final da Eurocopa.

A neve do fim de semana em Belgrado causou por duas vezes o adiamento da partida entre Sérvia e Casaquistão, que será disputada no sábado. Os sérvios encaram a Polônia e com duas vitórias poderão se classificar, desde que Portugal perca da Finlândia.

No Grupo E, a disputa está menos intensa. A Inglaterra só precisa empatar em Wembley, diante da Croácia, para obter a classificação. Os ingleses foram beneficiados pela vitória de Israel sobre a Rússia, no sábado, e deverão conseguir pela sexta vez consecutiva a chance de jogar a fase final da Eurocopa. Se o English Team falhar, bastará à seleção russa bater a fraquíssima Andorra para se garantir. Um ponto também é o objetivo da Suécia que recebe a Letônia, pelo Grupo F. Mesmo que percam, os suecos só serão eliminados se a Irlanda do Norte superar a Espanha.

Motivada após a sensacional vitória sobre a Noruega, fora de casa, a seleção turca precisa de mais um triunfo, desta vez sobre a Bósnia, para se garantir na fase principal da competição. A abatida Noruega busca a vitória diante de Malta e aguarda um tropeço turco.