Dia D, hora da verdade, momento decisivo, cartada final… Dê você, caro leitor, o nome que quiser. Mas o importante é que Lúcio Flávio define hoje seu futuro. O principal jogador do Paraná Clube e grande ídolo da torcida se reuniu ontem com a diretoria e passou a noite refletindo – tudo para cumprir o que combinou com os dirigentes, de dar sua resposta hoje. Já foi possível ser mais certeiro na permanência do camisa 10, mas ainda se pode afirmar que a tendência é a renovação de contrato por mais uma temporada.

As conversas que aconteceram no ano passado tinham sido interrompidas para as festas de Natal e Ano Novo. Após voltar a Curitiba, Lúcio ficou esperando uma manifestação do Paraná Clube. Ela veio ontem, com a convocação de uma reunião. Na conversa, além do camisa 10 participaram o presidente Rubens Bohlen, o superintendente de futebol, Marcelo Nardi e o diretor de futebol Marcus Vinícius.

A reunião não passava apenas por uma simples situação contratual. Tratava de acertos antigos, salários atrasados que Lúcio tem o direito de receber, e de um projeto minimamente executável para a temporada tricolor. Como disse Nardi, seria um momento para convencer o meio-campista a acreditar novamente na diretoria.

E como foi a conversa? “Não foi da forma que imaginei”, resumiu Lúcio Flávio. “Tentamos chegar no mais parecido com o que ele queria. Mas não estamos prometendo o que não podemos cumprir”, admitiu o superintendente paranista. Só que além do jogador está também o torcedor. “Eu tenho que relevar alguns aspectos do clube”, disse o camisa 10 tricolor.

Como a conversa não andou como o jogador esperava, ele pediu uma noite para pensar. “Fizemos uma contraproposta e ele irá nos responder amanhã (hoje), pois ele deverá conversar com a família para analisar a situação”, informou Marcelo Nardi. “Vou analisar e definir”, disse Lúcio, que já recusou propostas de outros clubes para priorizar o Tricolor. E, até por isso, a expectativa é que durante o dia seja confirmada a renovação de contrato de Lúcio Flávio com o Paraná Clube.

Giancarlo

O atacante Giancarlo voltou a treinar no Paraná ontem. O atacante, que deve ser emprestado para diminuir a folha salarial do clube (assim como Ricardo Conceição, Léo e Rubinho, que ainda pertencem ao Tricolor), seguirá trabalhando com o elenco até que a sua situação seja definida.
Segundo o próprio jogador, “enquanto treino, vamos tentar resolver alguma coisa nos próximos dias”. Os possíveis destinos do atleta, que tem contrato com o Tricolor até o final de 2015, são o América-MG e clubes de Santa Catarina (principalmente o Criciúma) e São Paulo. (colaborou Robson Martins)