Como o ano hípico 2005/2006 será encerrado no próximo dia 30, todos os animais puro-sangue de corridas mudam de idade. Estão previstas excelentes corridas para a próxima semana, mas como a crise agravou-se, não deverá haver corrida na primeira semana de julho.

Lamenta-se porque a chamada apresenta-se como boas atrações, com destaque para a Prova Especial Pedro Alípio Alves de Camargo, em 2.400 metros, para produtos de 4 e mais anos, com pesos da Tabela 2, figurando ainda a Taça Velocidade, para produtos de 3 anos, em 1.200 metros; Taça Curitiba, para éguas em 2.000 metros; e Taça Jockey Club do Paraná, em 1.600 metros, reservada para produtos de 3 e mais anos, em 1.600 metros.

É lamentável, mas a situação do turfe paranaense é dramática e só com a colaboração de todos os setores poderemos ter dias melhores para o turfe paranaense.