Um dia depois de ver o Palmeiras desistir oficialmente da contratação do meia argentino Riquelme, o técnico Gilson Kleina revelou nesta sexta-feira que recebeu a garantia do novo presidente do clube, Paulo Nobre, de que alguns reforços serão contratados. Ele também disse que o dirigente quer buscar jogadores de impacto.

Com a chegada de Paulo Nobre à presidência, o Palmeiras contratou José Carlos Brunoro para ser diretor executivo do clube. Após reunião com Gilson Kleina na quinta-feira, os dirigentes decidiram que não valia a pena investir tão alto na contratação de Riquelme. Mas eles prometeram ao treinador que vão buscar outros reforços.

“A conversa que tivemos com o presidente e o Brunoro é de uma filosofia de pés no chão. Mesmo com a consciência da situação do clube, ele não vai deixar de contratar, quer jogadores de nome”, contou Gilson Kleina, em entrevista coletiva nesta sexta-feira, mostrando consciência dos problemas financeiros do Palmeiras.

“Acho muito importante o presidente ser transparente desse jeito. Vamos trabalhar com jovens promessas, porém ele não descarta trazer novos jogadores. Vamos trazer os reforços na medida do possível, para começar melhorar essa equipe”, comentou o treinador, que sofre com um elenco bastante reduzido neste começo de ano.

Apesar da falta de opções no elenco e das dificuldades para contratar reforços agora, Gilson Kleina mostra otimismo. “A gente entende a situação do Palmeiras. Temos que trabalhar com as peças que temos. Há uma preocupação dessa nova gestão com contratações, mas é nítido que eles estão preocupados com a situação financeira”, disse.