O governo federal vai construir um novo velódromo para os Jogos Olímpicos de 2016. Orçado em R$ 14 milhões, a atual arena de ciclismo, erguida para o Pan de 2007, será demolida. Parte do antigo velódromo, com a pista de pinho siberiano, será desmontada e enviada para Goiânia.

A nova arena custará R$ 134 milhões e será bancada pelo governo federal.
Pelo novo desenho, a pista terá uma nova inclinação. A capacidade da arena também vai aumentar: saltará de 1,5 mil para 5 mil lugares. O novo velódromo também não terá as colunas de sustentação da antiga arena, que impedem a visualização dos atletas pelos árbitros e pelas câmeras de TV.

O novo velódromo será erguido no Parque Olímpico, onde 15 modalidades serão disputadas nos Jogos. Segundo a prefeitura, a reforma do velódromo atual custaria R$ 126 milhões, quase o preço da instalação nova.

“Não podemos concordar com isso. Vamos perder o nosso único local de treinamento. Existe uma chance real de medalha para os Jogos, que vai acabar com a demolição do velódromo”, disse o presidente da Confederação de Ciclismo do Rio, Cláudio Santos.