O Olympique de Marselha encerrou neste sábado um jejum de 17 anos sem títulos. Jogando no Stade de France, o time do brasileiro Brandão derrotou o Bordeaux, atual campeão francês, por 3 a 1, e conquistou pela primeira vez a Copa da Liga Francesa.

O Olympique não levantava uma taça desde a vitória sobre o Milan na final da Liga dos Campeões, em 1993. Desde então, o time vinha amargando fracos resultados nos campeonatos continentais, e decepções nos torneios nacionais. O título deste sábado garantirá a equipe na próxima Liga Europa.

Já o Bordeaux ficou com o vice, depois de ter se sagrado campeão no ano passado. Ao lado do Paris Saint-Germain, o Bordeaux é o maior vencedor da competição, que teve início na temporada 1994/1995, com três títulos.

Neste sábado, os dois times fizeram um primeiro tempo truncado, de poucas oportunidades. O Olympique parecia estar mais atento em campo, mas não conseguia levar perigo ao gol adversário. Dessa forma, os gols acabaram ficando para a etapa final.

Depois do intervalo, Diawara tratou de confirmar o melhor momento do Olympique e, de cabeça, abriu a contagem, aos 17. Cinco minutos depois, Valbuena, que acabara de entrar, acertou um forte chute de longe e ampliou a vantagem do Olympique.

Sem esboçar uma reação, o Bordeaux sofreu mais o terceiro gol. Chalmé mandou contra as próprias redes, aos 33. E, aos 40, Sane marcou o gol de honra do atual campeão francês.

Após digerir o revés deste sábado, o Bordeaux vai se preparar para o confronto local com o Lyon, na terça-feira, no primeiro jogo das quartas de final da Liga dos Campeões.