O Olympique de Marselha dependia de uma vitória simples sobre o Borussia Dortmund nesta terça-feira, na Alemanha, para ficar com a segunda vaga do Grupo F nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. Mas perdia o jogo por 2 a 1 até os 40 minutos do segundo tempo. Aí, conseguiu uma virada espetacular, ganhando por 3 a 2 e se juntando ao Arsenal como o outro classificado dessa chave.

O principal rival do Olympique de Marselha na disputa pela vaga era o Olympiacos, que tratou de fazer a sua parte nesta terça-feira, pela sexta e última rodada do Grupo F, ao ganhar em casa do já classificado Arsenal. Assim, com a vitória grega, o time francês só avançaria se vencesse. Por isso, partiu para a pressão sobre o Borussia Dortmund nos minutos finais e conseguiu a virada.

Com os resultados desta terça-feira, o Arsenal terminou na liderança do Grupo F, com 11 pontos, enquanto o Olympique de Marselha ficou em segundo lugar, com 10, e também se classificou para as oitavas de final. Já o Olympiacos foi o terceiro colocado da chave, com nove pontos, e disputará agora a Liga Europa. E o lanterna Borussia Dortmund, com apenas quatro pontos, foi eliminado.

Diante de um adversário que ainda sonhava com a classificação para as oitavas de final, o Olympique de Marselha saiu perdendo por 2 a 0 – Blaszczykowski e Hummels (pênalti) marcaram para o Borussia Dortmund. Mas a virada começou ainda no primeiro tempo, com Remy. Depois, a equipe francesa só voltou a marcar aos 40 da segunda etapa, com Ayew. E definiu a vitória aos 42, num golaço de Valbuena.

Para o Olympiacos, que esteve tão perto da vaga nas oitavas de final, restou o consolo da classificação para a disputa da Liga Europa. Jogando em casa, nesta terça-feira, o time grego abriu 2 a 0 sobre o Arsenal no primeiro tempo, com gols de Djebbour e Fuster. Na segunda etapa, Benayoun diminuiu a vantagem, mas Modesto fez o seu nos minutos finais e definiu o placar de 3 a 1.