A delegação do Internacional sofreu um enorme susto na saída do Estádio Atahualpa, em Quito, após o empate por 1 a 1 com o Deportivo Quito, em partida válida pela Libertadores. Torcedores do time equatoriano arremessaram várias pedras contra as janelas do ônibus que transportava a equipe gaúcha.

Uma das pedras jogadas rompeu o vidro e causou um pequeno corte no nariz de Taison. O atacante foi atendido pelo médico Luiz Crescente, sem maiores problemas. Os estilhaços também atingiram o goleiro Muriel, o lateral-direito Nei e o meia Giuliano.

O desembarque do Internacional em Porto Alegre está previsto para esta manhã, no Aeroporto Salgado Filho. A equipe ainda treina nesta sexta-feira, já pensando na partida contra o Veranópolis, domingo, fora de casa, pelo Campeonato Gaúcho. Na Libertadores, a equipe volta a jogar em 18 de março, no Uruguai, contra o Cerro.