Após passar por uma nova cirurgia neste sábado, apenas duas semanas depois da primeira operação na clavícula esquerda, o piloto espanhol Jorge Lorenzo anunciou que deve perder duas etapas da MotoGP. Ele já não iria correr neste domingo, na Alemanha, e também ficará de fora da prova do dia 21 de julho, em Laguna Seca, nos Estados Unidos, mas projeta retorno em 18 de agosto, quando acontece a corrida em Indianápolis (EUA).

Jorge Lorenzo fraturou a clavícula esquerda no dia 27 de junho, após sofrer queda durante os treinos livres da etapa da Holanda, no circuito de Assen. Após passar por uma cirurgia, ele foi para a pista na última sexta-feira, quando caiu novamente, agora na sessão em Sachsenring, na Alemanha, provocando danos na placa de titânio que tinha sido colocada duas semanas antes em seu ombro. Assim, foi operado mais uma vez.

Ao final da cirurgia neste sábado, em Barcelona, Jorge Lorenzo utilizou o Twitter para anunciar que não vai correr na etapa de Laguna Seca, ressaltando, porém, que voltará na sequência. “Vejo vocês em Indianápolis”, escreveu. Campeão da MotoGP em 2010, ele está em segundo lugar na temporada atual, com 127 pontos, apenas nove atrás do também espanhol Dani Pedrosa.