O clássico entre Coritiba e Paraná Clube, que acontece pela última rodada da Taça Dirceu Krüger, o segundo turno do Campeonato Paranaense, irá acontecer bem longe de Curitiba, mas segue sem local definido. O certo mesmo é que o jogo do dia 31 de março não será mais em Ponta Grossa, como previsto.

Com o Couto Pereira indisponível por causa do show do inglês Paul McCartney marcado para a véspera do duelo pelo Estadual, o Paratiba estava apalavrado para acontecer no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa. O Operário, dono do estádio, porém, acatou pedido da Polícia Militar (PM) e não vai mais ceder o campo.

+ Leia também: “Faltou vontade”, atira jogador do Coritiba após vexam em Minas

O motivo tem relação com a briga entre torcedores do Coxa e do próprio Fantasma no intervalo da partida do último domingo (10). “A PM nos recomendou não emprestar o estádio de maneira alguma por causa das possíveis brigas de torcida. Emprestaremos apenas se o jogo não tiver público”, avisou o presidente do Conselho Gestor do Operário, José Álvaro Góes, em entrevista à Gazeta do Povo.

+ Mais na Tribuna: Zagueiro superou início difícil pra se firmar no Paraná Clube

“Eu tinha dado minha palavra sobre o empréstimo, mas fui convencido a voltar atrás. Teve muita confusão, torcedores jogando pedras, tiro de borracha. Um menino quase perdeu a vista. Nunca tivemos isso aqui. Estamos revoltados. Imagina se acontece alguma coisa aqui e somos responsabilizados?”, ressaltou Góes.

Com a negativa, a indefinição sobre o local persiste e com um agravante. De acordo com o Regulamento Geral de Competições Profissionais da Federação Paranaense de Futebol (FPF), o Paratiba precisará ser realizado longe de Curitiba.

+ Confira os jogos e a classificação do Campeonato Paranaense

A reportagem apurou que como o Coritiba não fez a indicação de um segundo estádio antes do início do campeonato, o jogo deve ser realizado “a no mínimo 100 km de distância do município sede, no prazo máximo de dez dias antes da realização da partida, e mediante a apresentação da concordância e autorização do proprietário do estádio”, conforme previsto no regulamento.

Na rodada final, todos os jogos devem acontecer simultaneamente. Dos estádios disponíveis entre os 12 times da competição, apenas o Estádio do ABC, em Foz do Iguaçu, e o 14 de Dezembro, em Toledo, estão “livres” para receber o clássico. O prazo para a oficialização do local acaba em 21 de março.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!