O Operário sofreu, mas venceu o lanterna São Bento por 2×1 na noite deste sábado, no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, em partida válida pela 30ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Fantasma se mantém na nona colocação, mas fica a quatro pontos do G4.

Disposto a ainda lutar pelo acesso à elite do futebol brasileiro, o Operário começou o duelo impondo respeito. Logo aos oito minutos, Marcelo cobrou falta e o goleiro segurou firme. No entanto, o Fantasma não esperava um adversário ainda mais empolgado para largar a lanterna da Série B.

Foto: José Tramontin/Operário.
Foto: José Tramontin/Operário.

O São Bento respondeu logo em seguida, com Minho tendo uma boa chance em dois tempos, Paulinho Bóia perdendo uma oportunidade inacreditável na pequena área e Joílson obrigando o goleiro Rodrigo Viana a fazer milagre logo no começo. Aos 12 não teve jeito. No cruzamento na área do Fantasma, o volante Doriva desviou e abriu o placar.

Apesar do tropeço, o Operário foi à luta. Maílton bateu falta com perfeição e marcou um golaço nos Campos Gerais. O confronto seguiu movimentado, com o Fantasma passando a criar mais. Porém, o clube paranaense não conseguiu furar o bloqueio do lanterna.

+ Confira a tabela e a classificação da Série B!

No segundo tempo, o Operário mostrou que não estava pra brincadeira. Logo no primeiro minutos, o zagueiro Edson Borges perdeu uma chance inacreditável. Em cima da linha e sem goleiro, o defensor não conseguiu meter a bola pra dentro. Mesmo assim, o Fantasma seguiu em cima. O gol do triunfo veio aos 28 minutos. Após uma falha incrível da zaga do São Bento, o volante Marcelo jogou pro fundo da meta. Festa em Ponta Grossa e Operário ainda vivo na briga.

Ficha técnica

SÉRIE B
2º Turno – 30ª Rodada

OPERÁRIO 1×1 SÃO BENTO

Operário
Rodrigo Viana; Maílton (Lennon), Alisson, Edson Borges e Julinho; Revson, Índio, Cleyton (Uilliam) e Marcelo; Felipe Augusto (Schumacher) e Lucas Batatinha.
Técnico: Gerson Gusmão

São Bento
Henal; Marcos Martins, Alisson, Joílson e Mansur; Doriva (Raphael Marinho), Vinicius Kiss (Caio Rangel) e Rodolfo; Minho, Zé Roberto (Dudu Vieira) e Paulinho Bóia.
Técnico: Milton Mendes.

Local: Germano Krüger
Árbitro:
Assistentes:
Gols: Doriva aos 16′ do 1ºT; Maílton aos 21′ do 1ºT; Marcelo aos 28′ do 2ºT;
Cartões amarelos: Maílton, Revson, Shcumacher (OPE); Vinícius Kiss (SAO);