Bernardinho ainda não está
satisfeito com o ritmo da seleção.

A pouco mais de uma semana de estrear na Liga Mundial 2003, a seleção brasileira masculina de vôlei, atual vice-campeã da competição, faz os seus últimos treinos no Rio de Janeiro antes de embarcar para São Paulo, onde enfrenta a Alemanha, pela chave B, nos dias 24 e 25 deste mês. Agora, a ordem no grupo comandado por Bernardinho é uma só: aproveitar os últimos dias para ganhar ritmo de jogo.

“Os amistosos que fizemos na Europa, contra Holanda e Espanha, no ínicio do mês, foram bons para fazermos alguns testes, mas não foram suficientes para entrosar a equipe. Até porque não viajamos com o time completo”, afirmou Bernardinho. “Esses últimos treinamentos aqui no Rio e a semana que vem em São Paulo vão servir para dar mais ritmo aos jogadores”, acrescentou.

O técnico também lembrou que os primeiros adversários do Brasil devem chegar com mais bagagem logo nesse início da liga. “A Alemanha vai enfrentar a Rússia e a Holanda nesses últimos dias que antecedem a estréia na Liga Mundial. O time deles vem completo e entrosado”, disse Bernardinho.

A equipe brasileira se apresenta na capital paulista no próximo domingo. “Vamos viajar para São Paulo com todos os atletas que estão trabalhando no Rio. Daremos seqüência aos treinos lá mesmo porque não faria sentido algum dividir o time nesse momento”, comentou Bernardinho, que tem até o dia 23 de maio para decidir os doze jogadores que atuarão contra os alemães. “Vou esperar a data limite para inscrever os jogadores porque ainda tenho algumas dúvidas”, admitiu o técnico.

O Brasil faz parte do grupo B da Liga Mundial ao lado de Itália, Portugal e Alemanha. No grupo A estão Polônia, Espanha e Venezuela. O grupo C é formado por Sérvia e Montenegro (ex-Iugoslávia), Holanda, Cuba e Bulgária. França, República Tcheca, Grécia e Japão completam o grupo D.