O pai de Lionel Messi afirmou nesta quarta-feira que seu filho recebeu finalmente a ovação de seu compatriotas que tanto desejava no amistoso em que a Argentina goleou a Espanha por 4 a 1. “Creio que finalmente Leo recebeu o tanto que ansiava: que a Argentina o ovacionasse, o aplaudisse como fazem na Espanha, isso é muito pessoal, mas eu sei que ele estava feliz”, disse Jorge Messi, em declarações à Rádio 10.

Messi, que na última Copa do Mundo não marcou gols pela Argentina, foi o autor do primeiro gol de terça-feira contra a Espanha, aos dez minutos do primeiro tempo. O pai do atacante do Barcelona disse que ele “é feliz com a bola” e que em toda a vida “se divertiu jogando futebol”.

O pai do astro do Barcelona também elogiou a seleção argentina dirigida por Sergio Batista. “Fazia muito que não via uma Argentina desta maneira. Os jogadores jogaram com muita garra, com muita inteligência, com a bola no chão”, comentou.

Ele lembrou que o técnico Sergio Batista teve êxito quando dirigiu a Argentina na Olimpíada de 2008, em Pequim, quando faturou a medalha de ouro junto com Messi. “A equipe joga diferente, mas insisto que cada técnico tem sua forma de jogar e nenhum renuncia as suas ideias. E “Checho” [Batista] tem suas ideias, a mantém como o fez na Olimpíada”.