Depois de algumas rodadas dando ritmo de jogo para vários atletas, o técnico Eduardo Baptista planeja escalar força máxima no Palmeiras contra a Ponte Preta, quarta-feira, às 21h45, pela rodada final da primeira fase do Paulistão. A intenção do treinador é utilizar os melhores jogadores que estiverem à disposição para começar a preparar a equipe para o estágio derradeiro da competição, que já começa no próximo fim de semana.

“A ideia contra a Ponte é já começar a desenhar o time. Tem alguns jogadores para os quais vamos dando condição (de jogo). Não tenho todo o elenco à disposição, tenho alguns desfalques também por causa de jogadores que estão com as suas seleções. Vamos dar uma cara ao time para entrar bem no próximo fim de semana”, afirmou.

Autor dos gols contra o Santos e Audax, Willian foi citado pelo comandante alviverde como um exemplo de atleta que aproveitou as oportunidades para mostrar que tem condições de atuar a qualquer momento. “Todos são alternativas no time, não só o Willian. Ele não é reserva nem titular. Entrou bem, consistente, ajudou na marcação com saída rápida, finalizou, fez gol. Ele vem crescendo. Iniciou a temporada e aos poucos vai ganhando confiança, forma física, técnica, é um cara importante para a gente, sendo titular ou reserva”.

Além de compromissos no Estadual, o Palmeiras também fará sua terceira partida na Copa Libertadores contra o Peñarol, dia 26 abril. “Criamos uma situação em toda a competição que deu o momento de poder fazer isso (rodízio entre jogadores na equipe). As análises estão sendo feitas, e para entrar em abril com só decisões. Não vejo um mês que precise poupar alguém. Temos duas semanas cheias. Estamos preparando para o mês de abril forte, dando chances a todos, para que a gente possa montar a melhor equipe para o mês de abril”, ressaltou Eduardo Baptista.