Desde o início do ano, jogadores, comissão técnica e diretoria do Palmeiras avisam que o time está sendo montado para a disputa do Campeonato Brasileiro. Enfim, o time estreia na competição e dá o pontapé inicial no objetivo maior da temporada, que é fazer bonito e até sonhar com título nacional. Para isso, nada melhor que estrear com uma vitória diante dos reservas do Atlético Mineiro, neste sábado, às 18h30, no estádio Allianz Parque, em São Paulo.

As perspectivas são as melhores possíveis. O vice-campeonato estadual acabou sendo até surpreendente, pela revolução que passou o clube em pouco menos de cinco meses. Chegaram 21 jogadores e alguns deles foram destaques no Brasileirão do ano passado.

Egídio, no Cruzeiro, foi eleito o melhor lateral-esquerdo pela CBF e Zé Roberto, no Grêmio, pela revista Placar. Gabriel, no Botafogo, foi o jogador que mais desarmes fez. Dudu, no Grêmio, se destacou como o atleta que mais deu dribles e Robinho, no Coritiba, apareceu entre os primeiros em assistências e passes.

Com estes reforços e aos poucos, o time começa a ter um perfil. O técnico Oswaldo de Oliveira admite que ainda não vê a equipe totalmente pronta, mas próxima disso. “Continuamos em formação e hoje inicia um novo estágio. Todos já têm uma leitura e compreensão e o nível do Brasileiro provoca amadurecimento na equipe”, comentou.

Algo que certamente também fará o Palmeiras se tornar ainda mais forte é a sua nova arena. A equipe vem de oito vitórias consecutivas em sua casa e o apoio da torcida se torna uma força extra. Até o começo da noite desta sexta-feira, haviam vendidos 20 mil ingressos para a partida, ou seja, a expectativa é de, mais uma vez, casa cheia.

Oswaldo de Oliveira não poderá contar com o atacante Leandro Pereira e o zagueiro Jackson, que estão com dores musculares, Cristaldo tem uma inflamação no pé e Cleiton Xavier se recupera de edema na coxa direita. Mesmo com esses desfalques, o treinador vai manter o seu tradicional 4-5-1 com Gabriel Jesus como grande atração.

Será o primeiro jogo do atacante como titular no time principal. Ele iniciou a partida contra o Sampaio Corrêa, quando só reservas atuaram. Na última quinta-feira, Oswaldo de Oliveira ficou cerca de 20 minutos fazendo um treino especial com o garoto. O lateral-esquerdo Egídio foi regularizado e fica no banco de reservas.