Com a decisão da Copa do Brasil na cabeça, o jogo contra o Coritiba, neste domingo, às 18 horas, no estádio Allianz Parque, em São Paulo, pela 37.ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, não representa muita coisa para o torcedor do Palmeiras, mas pode servir para alguns jogadores ganharem pontos com o técnico Marcelo Oliveira para a próxima temporada.

O treinador resolveu dar descanso para os prováveis titulares da finalíssima contra o Santos e apostará em jogadores que já tiveram seus momentos de destaque, mas perderam espaço e precisam mostrar serviço caso queiram permanecer no clube na próxima temporada.

É o caso, por exemplo, de Nathan, Leandro Almeida e Amaral. Os três já foram titulares, mas após sucessivas falhas deixaram o time e praticamente foram esquecidos. Inclusive, figuram em listas de candidatos a deixar o clube no fim do ano.

Quem também se enquadra neste perfil é Alecsandro. O experiente atacante ainda não mostrou a que veio no Palmeiras e tem mais uma chance de demonstrar serviço, já que não pode atuar na Copa do Brasil.

Há também quem ainda procure um lugar ao sol. O meia Juninho, de 20 anos, é um deles. Ele treina esporadicamente com o time principal, mas passa a maior parte do ano com a equipe sub-20. O garoto tem grandes chances de começar jogando.

O único dos titulares garantido no jogo é Lucas. O lateral-direito está suspenso do clássico contra o Santos e pediu para jogar. “É uma forma de diminuir a ansiedade para o jogo”, justificou. Outro que deve atuar é o goleiro Fernando Prass, mas Fábio chegou a ser testado entre os que podem iniciar a partida.

Com 50 pontos na tabela de classificação, o Palmeiras quer aproveitar a animação dos reservas para fazer as pazes com a vitória. O time vem de cinco jogos sem vencer no campeonato – dois empates e três derrotas. A última vitória foi por 3 a 1 sobre o Avaí, com time misto.