A ansiedade é considerada pelos jogadores e técnico do Palmeiras, Marcelo Oliveira, como o principal problema da equipe neste início de temporada. O time mostra muito nervosismo com a bola no pé, em especial quando vai para o ataque. Algo que o treinador pretende resolver com treinamentos. Este problema se repetiu no clássico contra o Santos, no último sábado.

Como o Palmeiras só volta a campo na quinta-feira para encarar o XV de Piracicaba, fora de casa, Marcelo Oliveira deve aproveitar o tempo livre para voltar a colocar os principais atletas para treinar finalização.

Quando ocorre a atividade, os reservas são quem pratica, enquanto que os titulares fazem outros trabalhos. “Essa é uma semana que vamos dar ênfase a finalização. Faz tempo que não fazemos isso. Esse é um dos problemas. Temos de melhorar a qualidade”, disse o goleiro Fernando Prass.

De fato, o Palmeiras tem demonstrado muitas dificuldades na finalização e criação das jogadas. Diante do Santos, por exemplo, em determinados momentos a equipe perdia a bola por prender demais a bola no campo de ataque em vez de arriscar um chute de fora da área ou uma jogada mais aguda.