O atual campeão nacional tem neste sábado, no Allianz Parque, às 16 horas, o primeiro jogo decisivo neste Campeonato Brasileiro. Se não superar o Fluminense, o Palmeiras pode terminar a rodada na zona de rebaixamento, ver a cobrança piorar e ter a obrigação de reagir em dois jogos seguidos fora de casa.

O técnico Cuca admite o momento delicado, pois são quatro rodadas seguidas sem vitória e sem marcar gols. “Como faz para uma panela de pressão não estourar? Tem de aliviar a pressão. Então, só vai melhorar se a gente ganhar o jogo”, disse.

A preocupação dele é não ter a obrigação de jogar por vitórias, contra Santos e Bahia, fora de casa nas próximas rodadas para compensar um possível novo tropeço como mandante. Na semana em que completou 54 anos, Cuca considera importante ganhar a partida hoje para não deixar que o clima ruim permaneça até o próximo mês.

Em julho, a equipe começa a jogar as oitavas de final da Copa Libertadores. “Acho que até lá vamos estar melhores, com o nosso time já definido. O objetivo é estarmos bem no Brasileiro para entrarmos fortes no mata-mata”, afirmou Cuca. Um sorteio na próxima semana vai indicar o adversário do Palmeiras.

A ambição de vencer o Fluminense ganhou alento nesta sexta-feira com a volta de três titulares ao treino. O zagueiro Edu Dracena, o meia Guerra e o lateral Jean trabalharam com o grupo e devem atuar. Continuam fora da equipe o atacante Dudu, com problema na virilha, assim como Mina e Borja, convocados pela seleção colombiana.