O capitão da seleção alemã, Phillip Lahm, acredita que na próxima segunda-feira sua equipe vai disputar uma decisão. O jogo contra Portugal em Salvador, na estreia dos dois países na Copa do Mundo, será, para o jogador do Bayern de Munique, uma prova de fogo e poderá ter enorme influência no destino da Alemanha no torneio.

“Quando foi feito o sorteio da Copa, ainda no ano passado, eu disse que o primeiro jogo seria decisivo”, afirmou Lahm, em entrevista coletiva concedida no início da tarde desta terça-feira, em Santa Cruz Cabrália, no litoral baiano, onde a Alemanha se prepara para o torneio. “Continuo achando isso. Especialmente porque nosso primeiro adversário é muito duro, um time forte fisicamente e com grandes jogadores.”

Lahm começará na segunda-feira a disputar o seu terceiro Mundial – em 2006 e em 2010, parou nas semifinais. Essa experiência dá a ele autoridade para falar sobre o caráter decisivo da estreia em uma Copa do Mundo. “Qualquer time que não consiga uma vitória no primeiro jogo vai passar por enorme pressão. Por isso a Copa do Mundo é tão interessante”, avaliou.

Embora Cristiano Ronaldo esteja se recuperando de duas lesões (uma muscular e outra no joelho esquerdo), Lahm está convencido de que o astro português estará no gramado da Fonte Nova na segunda-feira.

Pela seleção, o lateral alemão levou a melhor sobre o atacante português na Copa de 2006 e na Eurocopa de 2012, mas Cristiano Ronaldo, pelo Real Madrid, eliminou o time de Lahm da última Liga dos Campeões. “Tenho certeza de que Ronaldo estará em campo. Jogar contra a Alemanha certamente é muito especial para ele e sei que ele fará de tudo para vencer a partida”, disse o capitão.