A volta do atacante Paolo Guerrero ao Corinthians para a partida desta quarta-feira diante do Guaraní, em Assunção, pelas oitavas de final da Copa Libertadores, é a principal arma para a equipe se recuperar da eliminação no Campeonato Paulista e da derrota para o São Paulo. A avaliação foi feita pelos próprios jogadores. Guerrero já está confirmado ao lado de Luciano, que será o substituto de Emerson Sheik, suspenso.

“A volta do Guerrero vai ajudar muito nossa equipe, ele é um jogador que tem sido referência para nós, feito gols. Ele vai nos ajudar muito. O Luciano tem qualidade, está se preparando muito nos treinamentos. Ele está preparado para o jogo de amanhã. Que ele possa desenvolver seu melhor futebol. Ano passado, fez muitos gols”, afirmou o meia Jadson, em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, no Paraguai.

Os jogadores brincam que o peruano poderia até ser chamado hipoteticamente para a seleção brasileira. “Até falamos sobre isso no jantar. Quase não tem centroavante atuando em nível top hoje. Até o Renato Augusto falou que o único que ele convocaria seria o Paolo”, contou o meia Elias.

Os jogadores reconhecem o favoritismo na partida desta quarta-feira, mas revelam que já estudaram bastante a equipe paraguaia. “Na teoria, somos favoritos. Não fugimos da nossa responsabilidade. Na prática não é assim, são 11 contra 11. Já vi matérias de que esse é o jogo da vida do clube. Vamos fazer por merecer a vitória”, disse o meia Jadson.

Na opinião de Elias, a melhor maneira de conseguir um bom resultado para o jogo da volta, marcado para a próxima quarta-feira, no Itaquerão, é retomar o padrão de jogo. “Vamos retomar nosso padrão, não podemos fugir do que fizemos até hoje. Temos uma forma de jogar e vamos manter. Dependendo do decorrer da partida, vamos segurar o jogo, manter a posse de bola, ou agredir o adversário e tentar gols fora de casa”, disse Elias.

O Corinthians ainda vai treinar nesta terça, no estádio Defensores del Chaco, a partir das 19 horas (horário de Brasília). Os jogadores farão o reconhecimento do gramado do palco da partida de quarta. A escalação já foi confirmada pelo técnico Tite: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Fábio Santos; Ralf; Elias, Jadson, Renato Augusto e Luciano; Guerrero.