Nunca antes na história da para-natação um torneio ofereceu tanto em premiação aos seus competidores. Entre os dias 12 e 15 de outubro, o Complexo Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro, será palco do Open de para-natação, torneio que servirá de ensaio para os Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara, principal competição do calendário latino-americano em 2011.

Além de contar com o prestígio de medalhistas para-olímpicos, como é o caso de Daniel Dias, Daniel Brasil e Edênia Garcia, o Open do Rio de Janeiro superará qualquer premiação em dinheiro já distribuída em competições do gênero.

Serão mais de 40 mil euros divididos entre os 10 atletas, no feminino e no masculino, que conseguirem os melhores índices técnicos na disputa e as cinco melhores comissões técnicas.

Franco favorito a liderar o quadro de medalhas, o Brasil terá a companhia de países emergentes na para-natação, como Portugal, Suíça, Croácia, Suriname e Iraque.